quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Nem mais, nem menos

Essa é a última coluna antes da eleição municipal e é bom lembrar que eleição não é Natal, Páscoa, Aniversário ou dia das crianças (que acontecerá no dia 12). Eleição não é para se ganhar presentes, entenderam? Quem vende hoje o seu voto, está vendendo o seu direito de ser cidadão. A partir do momento que seu voto for comprado, acaba o compromisso do político, pois já está pago, não adianta reclamar depois da falta de saúde, educação, saneamento, segurança... Vote consciente, pois seu voto não tem preço e irá decidir por quatro anos o futuro da nossa cidade.