segunda-feira, 6 de julho de 2009

Coluna Rápidas - Jornal de Indaial

Superando a tentação (Paramahansa Yogananda)
Quando você permite que a tentação tome conta de você, sua sabedoria se torna uma prisioneira. O meio mais rápido de banir a tentação é dizer de imediato um "não" e sair daquele ambiente particular; então raciocine mais tarde quando a calma e a sabedoria voltarem.

Crack, nem pensar
Muito oportuna à campanha “Crack, nem pensar”, do Grupo RBS. Só lamento não ter vindo antes. Neste momento, muitas famílias e pessoas já estão completamente destruídas pelo uso da droga. Na semana passada, assisti no Jornal do Meio Dia(Ric Record) a um relato de uma mãe desesperada que estava à procura de seu filho, usuário da droga. Deu dó de ver aquela senhora contando que já não haviam mais móveis em sua residência, disse ainda que estava devendo para seus vizinhos, pois o filho a obrigava a pedir dinheiro emprestado, para usar a droga. Sabe o que aconteceu na noite anterior a entrevista? O filho furtou o gás da cozinha, com a mangueira e tudo, não tendo a mãe condições nem de fazer o almoço do dia. Está na hora da sociedade se unir e combater esse mal.

Indaialense
No último domingo a Record reconstituiu o crime de Jean Charles de Menezes e quem o interpretou, deixando a terra orgulhosa, apesar da tragédia, foi o indaialense Jano Moskorz.

Ótimo
Se o leitor(a) está de cheio de ver os filmes da Tela Quente, sugiro que mude para a Band. Certamente verá o melhor programa humorístico dos últimos tempos na TV aberta. É o CQC, que faz comédia e pega no pé das “otoridades”. O programa começa as 22:00 horas(logo após a novela da Globo) e é imperdível.

Mentira ou ignorância?
Depois de o Presidente Lula dizer que a crise mundial seria uma marolinha, para o Brasil, o Ministro da Saúde sai com mais uma. Disse que a Gripe A é equivalente a uma gripe comum. No mundo inteiro é uma pandemia, mas aqui é diferente?

Marolinha
Parece que pelas bandas do Planalto a crise mundial é apenas uma marolinha mesmo. Vejam as compras da presidência que o site Contas Abertas publicou: “Foram comprometidos R$ 95 mil para a compra diversos materiais de porcelana e cristais (R$ 88 mil no total) e outros itens complementares (6,9 mil). Estão incluídos 500 taças de cristal “para água, com pé, lapidado a mão, com selo de ouro, de primeira qualidade” (cada uma por R$ 25); 98 taças de cristal com as mesmas características para vinho branco; 344 para vinho tinto; 54 para licor; 148 copos de cristal para uísque; 62 para conhaque; 148 para coquetel; 344 taças para champanhe; 104 copos para aperitivos e 348 copos de meio cristal para água. Ainda tem 600 pratos de porcelana branca para mesa, com friso dourado nas bordas, 500 com as mesmas características para sobremesa, outros 180 para sobremesa com desenho verde “ramos de café”; 100 para pão com o mesmo desenho, 50 xícaras de café de porcelana branca com o tal desenho, 180 de chá, 444 pratos rasos para mesa de porcelana com frisos dourados nas bordas com o desenho “colunas do Alvorada”, 344 desse tipo para sobremesa, 324 para pão e mais centenas de xícaras, talheres e taças de cristal “glass”. A Presidência ainda empenhou R$ 40 mil para a compra de 48 ternos completos (cor a definir), 144 camisas com tecido liso, “misto de poliéster e algodão, de primeira qualidade de modo a não permitir transparecer o corpo, sob medida, cor a definir, modelo social manga longa”, 48 gravatas também com acabamento de primeira qualidade, 96 pares de meia social masculina, 48 cintos de couro, 48 pares de sapato, 24 calças sociais e 24 sobretudos. Tudo da marca Aurélio Dias. Reservou R$ 1,5 mil para a compra de 600 desinfetantes sanitários, 12 detergentes e 200 desodorisadores com essência de eucalipto, “uso sauna seca e vapor”; R$ 1,3 mil para a compra de 400 frascos de repelente para insetos, moscas, pernilongos e baratas e 20 acessórios para pulverizadores de plástico, uso doméstico; e 1,2 mil para a compra de 299 óleos lubrificantes anticorrosivos”.

Da net
Essa recebi por e-mail e repasso aos leitores. “Qual a semelhança entre o Inter, o Grêmio e o Michael Jackson? Os três prometeram shows, venderam todos os ingressos e morreram em casa”.

Pra terminar
"Há pessoas que amam o poder e outras que têm o poder de amar." Bob Marley.

4 comentários:

Anônimo disse...

me passa seu e-mail?
tentei encaminhar um texto por aqui, mais não da por ser muito extenso.
obrigada!

Joel S. Candido da Silva disse...

O email da coluna está no cabeçalho do blog. É rapidas.indaial@yahoo.com.br

Abraço

celso jânio moskorz disse...

Valeu Joel, obrigado pela citação do Jano.
Ass: Pai Coruja.

Reni Martins disse...

A crise econômica FOI uma "marolinha" para o Brasil, de fato. A gripe suína pelo menos até esta data é menos letal que a gripe comum. Pesquise.