sexta-feira, 14 de julho de 2006

Cartas dos Leitores - O Globo

Lula e os pobres

O presidente Lula declarou que os pobres não dão trabalho, não protestam. Além de ser inverídica, haja vista sua trajetória política de retirante nordestino e grande freqüentador de palanques e passeatas, esta afirmação não chega a ser um elogio. Quem nunca protesta e se submete passivamente aos desmandos do poder demonstra não ter consciência de seus direitos como cidadão. Regozijar-se pela falta de reivindicações por parte da população desassistida é querer mantê-la subjugada.
MARIÚZA PERALVA
Niterói, RJ

Presidente, para os pobres o senhor abana a mão mostrando programas assistencialistas, como o Bolsa Família, e aparece como o grande benemérito para uma imensidão de pessoas que se contentam com pouco. Mas da classe média para cima a coisa muda de figura. Ali, o senhor tem que mostrar competência, austeridade com o dinheiro público, fomentar o desenvolvimento, colocar o crescimento da economia do Brasil em níveis de Primeiro Mundo, criar mecanismos para que novos empregos surjam, enfim, coisas que não aconteceram.
JOSÉ ANTONIO PORTELLA DA SILVA
Rio

O presidente tem razão. Governar para pobre, que não reclama uma escola pública de qualidade, aceita ser tratado pior do que um animal em hospitais públicos, convive silenciosamente com uma criminalidade cada vez mais crescente, teima em comprar produtos falsificados e pirateados, é fácil. Basta dar um cheque-cidadão, soltar piadas de gosto duvidoso e saudar a seleção. A declaração presidencial mostra por que a pobreza não é combatida neste país e jamais será. Ela dá voto e perpetua a classe política no poder.
CELSO M. FREITAS
Rio

2 comentários:

Anônimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

Anônimo disse...

I find some information here.